31 de jan de 2007

Novo


Fê Farah

Algo me aconteceu
Encontrei o passado
Escondido
Sempre esteve tatuado
Sempre mais
Nunca o que passou
Sapo nunca anda para trás
O passado traz
Me trouxe hoje
A possibilidade de ser novo amanha
O passado que vi hoje continua amanha?
Ou foi um presente do presente?
Escrevo um livro
Com recortes de mim
Comigo recortado
você na frente
Sempre no foco
Desfocando minhas novidades
Temperando minhas vontades
Desviando meu futuro
Me dando de presente o passado
Toda vez que faz me lembrar
Que amei e fui amado
Platonicamente amei
Ironicamente amado
Tudo isso é novo
E por isso quero
Quero sempre
Quero novo
Quero mais
Quero que me dê novo
Quero de novo

Um comentário:

b. disse...

elegante como sempre.